Visão geral:

Os nossos advogados especializados têm aconselhado e prestado assistência a uma grande variedade de clientes em financiamentos, fundos de investimento e transacções de private equity e uma gama de instrumentos financeiros. A nossa reputação em todo o continente e para além das fronteiras de África, permite-nos aconselhar as maiores instituições e empresas financeiras de África, bem como os principais bancos de investimento, bancos comerciais, fundos de private equity, hedge funds e outras instituições financeiras do mundo.

As nossas sociedades-membro têm um conhecimento profundo dos mercados financeiros globais para superar as variações da legislação local que podem influenciar consideravelmente as transacções de financiamento.

  • Mercados de capitais
  • Aconselhamento sobre investimentos
  • Finanças Estruturadas
  • Regulamento Financeiro e a sua aplicação por reguladores financeiros
  • Capital Privado
  • Financiamento de Projectos e Recursos Limitados
  • Infra-estruturas
  • Parcerias Público-Privadas
  • Securitizações
  • Financiamento de Mercadorias e Comércio
  • Financiamento Sindicado e Bilateral
  • Alavancagem e Financiamento de Aquisições

Assuntos Recentes:

Angola: Aconselhamento jurídico ao governo angolano sobre acordos de financiamento internacional com bancos chineses e europeus ou organizações internacionais do Grupo do Banco Mundial; e aconselhamento jurídico a bancos estrangeiros em transacções com bancos privados e/ou empresas angolanas.

Botswana: Representou o SFI no quadro da entrada na bolsa da sua Obrigação Pan-Africana.

DRC: Actuou como consultor principal e assistiu uma instituição financeira norte-americana em relação a um empréstimo de 5 milhões de dólares americanos concedido a um investidor estrangeiro para a compra de minas de manganês no Burkina Faso e no Mali.

Ghana: Aconselhou a OPIC e o Citibank no contexto de regalias de um novo empréstimo e financiamento ao CAL Bank Limited relacionado com projectos de infra-estruturas energéticas que cumprissem os critérios de elegibilidade do banco. O nosso âmbito de trabalho inclui a due diligence sobre o banco e a revisão do acordo de facilidade regido pela lei inglesa.

Guinea: Aconselhamento à Sociedade Financeira Internacional, Overseas Private Investment, e um sindicato de bancos internacionais e guineenses, sobre o financiamento de 823 milhões de dólares para a expansão da mina da Compagnie des Bauxites de Guinée.

Kenya: Aconselhou a OPIC sobre o seu empréstimo de 232 milhões de dólares à Kipeto Energy PLC.

Morocco: Assessoria jurídica à Siparex, um fundo francês de investimento em Private Equity, em ligação com o seu registo antitrust marroquino, no contexto da aquisição da Sintex NP.

Mozambique: sAssistência jurídica no financiamento a uma empresa para a construção de um hotel resort de 5 estrelas.

South Africa: Aconselhou SunEdison Energy Southern Africa Proprietary Limited, SEGP Green Power Southern Africa (Pty) Ltd, SEGP Solar Power Southern Africa (Pty) Ltd e SEGP Renewable Energy Southern Africa (Pty) Ltd como principal accionista, promotor, EPC Contractor, O&M Contractor e patrocinadores da Firefly Investments 230 (RF) (Pty) Ltd relativamente a uma transacção transfronteiriça de financiamento de um projecto de energia solar em Boshoff, na segunda ronda do Programa de Aquisições da IPP.

Tanzania: Tratou de um caso de preços de transferência para um banco multinacional e várias outras empresas multinacionais que operam na Tanzânia.

Uganda: Uma revisão jurídica da filial ugandesa de uma importante Fintech africana, uma revisão regulamentar das suas operações, uma revisão da estrutura das transacções e potenciais bandeiras vermelhas envolvidas.  A Fintech assegurou a banca de acções de um dos principais bancos de investimento mundiais.

Zambia: Consultor da Copperbelt Energy Plc ("CEC"), uma empresa zambiana de transmissão, produção e distribuição de energia eléctrica cotada na bolsa na primeira oferta pública de aquisição de 380 milhões de USD de todas as acções ordinárias da CEC pelo CDC Group Plc, instituição financeira de desenvolvimento do Reino Unido, detida a 100% pelo Departamento de Desenvolvimento Internacional do Governo do Reino Unido.

Zimbabwe: Envolvido numa transacção para financiar o maior grupo independente de comunicação social do país através da introdução de novos capitais.